Ricoeur e as veredas na Ética

A presente escritura versa sobre a elaboração de uma Poética formulada por Paul Ricoeur ao longo dos seus estudos sobre narrativa e a linguagem. Nessa Poética problematizamos que o filosofo hermeneuta atribuía uma formação ética dos indivíduos através das grandes narrativas. Com intuito de comprovarmos as ideias norteadoras desta Poética que unia o ético ao estético utilizamos a obra Grande Sertão: Veredas de Guimarães Rosa. Utilizamos como linhas de fundamentação de comprovação desta poética as obras de Paul Ricoeur em especial (2000, 2007, 2010 a, b,c,  2014) e Iser (2013).

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie seu site com o WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: