Nietzsche

As diversas técnicas de memória têm privilegiado a constituição de um aparato institucional. O projeto nietzschiano de transvaloração dos valores se impôs contra estas disposições da memória, para tanto, opera num movimento inverso, pela promoção de técnicas que privilegiem a dissolução da memória em esquecimento. De modo a enfraquecer o aparato moral institucional e fortalecer o projeto de valores que privilegiem a vida e suas disposições anímicas. Contudo, vigora neste projeto nietzschiano uma aporia: a de permanecer na esfera da afirmação da técnica. Se, por um lado, Nietzsche questiona todos os mecanismos técnicos, a saber àqueles relativos aos estabelecimentos de ensino por outro, ele não ultrapassa esta esfera, afirma a técnica através dos mecanismos do esquecimento, ao questionar as técnicas de memória. Em que medida os escritos de Nietzsche inspiram uma reflexão profícua para pensar a técnica e sua aplicação à memória?

source https://periodicos.unb.br/index.php/fmc/article/view/31233

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie seu site com o WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: