“Sobre Revelação e Instrução do Povo” de Friedrich Wilhelm Joseph Schelling

Acusando-os de tentar “reintroduzir pela porta dos fundos o que foi retirado da filosofia pela porta principal”, ao invocar Lessing, Schelling rebate boa parte do aparato conceitual dos teólogos de Tübingen, alegando que o conceito de revelação, tal qual pensado por esses, entre outras coisas, serviria como um “meio externo auxiliar da moralidade”, o que solaparia com qualquer possibilidade de liberdade.

source https://periodicos.unb.br/index.php/fmc/article/view/32413

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie seu site com o WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: